UMA ANÁLISE DOS DETERMINANTES DO TRABALHO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NOS ESTADOS DE SERGIPE E SANTA CATARINA

Talita de Souza Mota, Marco Antonio Jorge, Christiane Senhorinha Soares Campos

Resumo


O presente estudo analisa os determinantes do trabalho de crianças e adolescentes nos estados de Sergipe e Santa Catarina. Para tanto, o artigo foi dividido em três seções, além da introdução. Na primeira, apresentam-se as definições de trabalho infanto-juvenil e o referencial teórico. A segunda seção descreve a estratégia empírica, baseada no emprego da análise de componentes principais e do modelo de regressão linear múltipla, bem como os resultados do trabalho, os quais mostram que em ambas as unidades da Federação o trabalho de crianças e adolescentes está relacionado tanto ao trabalho informal no setor agrícola em contexto de baixo background educacional familiar, quanto à baixa vulnerabilidade domiciliar; mas, em Santa Catarina as crianças têm sido capazes de conciliar trabalho e escola,  em contexto de boa distribuição de renda. Por fim, a última seção elenca as considerações finais.

 

Palavras-chave: Trabalho Infanto-juvenil. Análise Multivariada de Dados. Sergipe e Santa Catarina.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22478/ufpb.1676-4439.2017v16n2.37800

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este periódico está indexado nas bases: