O protagonismo da informação-documentação na cooperação ao desenvolvimento: os recursos educativos abertos nos processos de e-learning

Carmen Bolaños Mejías, Gema Bueno de la Fuente, Fernanda Melo Alves

Resumo


Acima de qualquer outra atividade, as universidades ensinam. De forma que, quando cooperam ao desenvolvimento, uma das coisas que melhor sabem fazer é ensinar e trocar suas experiências docentes. A modalidade do e-learning, a cada vez mais comum por sua flexibilidade e adaptabilidade, oferece oportunidades para intercambiar conhecimentos e vantagens para organizar projetos de cooperação com países em via de desenvolvimento. Na aplicação desta modalidade do ensino desenvolveram-se três projetos de cooperação entre a Universidade Eduardo Mondlane de Moçambique e as universidades espanholas de Educação a Distância e Carlos III de Madrid, cujos resultados se expõem aqui. A Biblioteconomia e Documentação caminha muito unida ao e-learning, ao encarregar-se da alfabetização tecnológica no uso das plataformas e dos mecanismos de transferência de conhecimento. Mas, sobretudo, pela importância determinante que têm os Recursos Educativos Abertos, cujo uso e produção é necessário potenciar, de forma que os países contraparte não fiquem limitados a serem consumidores. Pelo contrário, têm de conseguir a capacidade de voltarem-se criadores de recursos compartilhados.

Palavras-chave


Cooperação ao desenvolvimento. e-learning, Recursos Educativos Abertos. Biblioteconomia e Documentação. Universidade - Ensino a distancia. Universidade Eduardo Mondlane. Universidad Carlos III de Madrid.

Texto completo:

PDF



Informação & Sociedade: Estudos - ISSN: 1809-4783