Chamada para Publicação: Dossiê: AMÉRICA LATINA

Prim@Facie n. 32 – Crise, complexidade ambiental e os direitos ambientais
Organizadores:
Fernando Joaquim Ferreira Maia (Editor-gerente), Universidade Federal da Paraíba, Brazil
Jailton Macena Araújo (Editor-adjunto), Universidade Federal da Paraíba, Brazil
Maria Creusa de Araújo Borges (Editora-adjunta), Universidade Federal da Paraíba, Brazil


Este número se destina a trabalhos que contribuam para a problematização de métodos e de teorias jurídicas que envolvam os saberes ambientais e que possam ser aplicados à sustentabilidade ambiental numa perspectiva dialética. A análise do direito ambiental deve ser realizada à base dos condicionantes históricos e materiais em que está inserido e num movimento de aquisição da emancipação cultural e identitária pelas camadas sociais e pelos povos da América Latina. A proposição deste número busca reunir discussões de excelente nível que envolvam as políticas ambientais, a relação entre desenvolvimento e meio ambiente e a crise e a complexidade ambientais. Quais os impactos das sucessivas revoluções tecnológicas do capitalismo na construção do direito ambiental? Qual a melhor solução em efetividade jurídica, dentro do contexto da América Latina, para enfrentar a expansão da fronteira agrícola capitalista, o desemprego, o êxodo rural, a insalubridade urbana e a perda das identidades culturais na apropriação dos recursos da natureza? Quais os desafios e as contradições do direito ambiental nesse contexto? Assim, a Revista Prim@ Facie convida juristas, cientistas políticos, historiadores, sociólogos e outros especialistas a submeterem suas reflexões sobre a crise, a complexidade ambiental e os direitos ambientais na realidade latino-americana.

Prazo final: 20 de junho de 2017. A publicação será feita até 30 de agosto de 2017.


Prim@Facie n. 33 – Teorias Pós-Coloniais, Educação e Direitos Humanos
Organizadores:
Maria Creusa de Araújo Borges (Editora-adjunta), Universidade Federal da Paraíba, Brazil
Fernando Joaquim Ferreira Maia (Editor-gerente), Universidade Federal da Paraíba, Brazil
Jailton Macena Araújo (Editor-adjunto), Universidade Federal da Paraíba, Brazil

A chamada “Teorias Pós-Coloniais, Educação e Direitos Humanos” objetiva problematizar o debate acerca das leituras e interpretações que elegem a centralidade da crítica descolonial ao eurocentrismo, para pensar os processos de silenciamentos e invisibilizações a que foram submetidos os povos e suas respectivas experiências e saberes no contexto do desenvolvimento do capitalismo colonialista.A partir de perspectivas teóricas e metodológicas, com aporte na produção de conhecimentos que priorizam o Sul não imperial, esta chamada visa fomentar o debate sobre a contribuição dos estudos subalternos em educação e direitos humanos. Situada na produção do conhecimento, a partir da e com a América Latina, a chamada busca fomentar uma conceptualização descolonial da educação e dos direitos humanos, problematizando as tensões e os pontos-chave dessa conceptualização. Nesse cenário, constituem pontos-chave a serem problematizados nesta chamada: as lutas anticoloniais, o resgate das suas memórias, resistências, projetos e concepções. São questões centrais a esse processo: quais os impactos da crítica descolonial na configuração de projetos de educação e direitos humanos? Quais as novas configurações do colonial nos territórios das antigas colônias; qual sua persistência nas relações sociais e na educação em e pelos direitos humanos, como também nas cartografias excludentes construídas nas chamadas sociedades metropolitanas, a partir do regresso do colonial em novos moldes?Essas são algumas das indagações possíveis, mas outras podem ser trazidas à agenda de debate. A Revista Prim@ Facie convida juristas, cientistas políticos, historiadores, sociólogos e outros experts a submeterem as contribuições das teorias pós-coloniais na educação em e pelos direitos humanos problematizadas a partir da e com a América Latina.

Prazo final: 12 de agosto de 2017. A publicação será feita até 31 de dezembro de 2017.

SOBRE A REVISTA
Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências Jurídicas da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, Paraíba, Brasil. O periódico aplica o processo de avaliação anônima em mão dupla (double-blind peer review process). A seleção de artigos é pronunciada por um comitê de editores executivos que operam as revisões preliminares (desk reviews) e convidam dois avaliadores em regime de anonimato duplo para serem ouvidos sobre o conteúdo submetido, caso a submissão tenha obtido êxito na etapa de desk review. Os avaliadores são professores doutores do Brasil e de diversas partes do globo convidados a dar suas opiniões especializadas. Árbitros da submissão, os editores executivos são professores doutores que trabalham com doutorandos na qualidade de assistentes. Um Conselho Editorial internacional, visível na nossa página online, contribui para a alta qualidade da publicação. Voluntários com qualificação adequada e inglês nativo são convidados a colaborar com este projeto editorial e estão visíveis em nossa página.
Dúvidas podem ser encaminhadas para o email: pfacie.dhp@gmail.com