Sobre a Indigeneidade das Paisagens

William Balée

Resumo


Indigeneidade se refere às maneiras tradicionais de conhecimento do mundo, imersas em culturas de pequena escala. Pode ser detectada em transformações primárias da paisagem, onde enriquecimento em espécies resultaram em melhorias ambientais, não degradação. Paisagens são encontros de pessoas e lugares. Indigeneidade torna-se relevante para as paisagens com o final do isolamento da Europa e a redução dos “outros” não-ocidentais a novos sistemas de subordinação, como a escravidão, e a classificação
de suas terras como terra nullius. Essas paisagens, de fato, mostram assinaturas humanas de transformações primárias do passado. A evidência consiste na modificação do substrato
e vegetação que indicam alteração, e é encontrada em diversos locais com condições bastante diferentes, como a Melanésia, Micronésia, África tropical e Amazônia. Essas paisagens indígenas de terra e mar foram consideradas terra
nullius por motivos não relacionados ao seu valor como sinais de uma variedade positiva de transformação primária da paisagem.

Texto completo:

PDF


.......................................................................................................................................................... Revista de Arqueologia da Sociedade de Arqueologia Brasileira