As pegadas de São Tomé: Ressignificações de Sítios Rupestres

Thiago Leandro Vieira Cavalcante

Resumo


Neste trabalho analiso as ressignificações de sítios rupestres produzidas na América do Sul a partir do mito colonial de que o apóstolo Tomé teria em época remota pregado aos povos indígenas. Ele teria deixando vários vestígios materiais, que passaram a ser utilizados como provas da veracidade de sua passagem pelo continente. O trabalho não se restringe, porém, ao período colonial, aborda também ressignificações atuais de sítios rupestres, especialmente sobre aqueles em que se encontram “pisadas”.

Palavras Chave: Arte rupestre, São Tomé – ressignificações.

Texto completo:

PDF


.......................................................................................................................................................... Revista de Arqueologia da Sociedade de Arqueologia Brasileira