ADAPTAÇÃO CURRICULAR PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO RELATO DOS PROFESSORES DAS ESCOLAS ESTADUAIS PAULISTAS

Larissa Guadagnini, Márcia Duarte

Resumo


O presente estudo analisa o relato dos professores da sala regular e da educação especial, em relação à adaptação curricular para os alunos com deficiência intelectual. A pesquisa, realizada por meio de questionários, teve como participantes 18 professores de uma diretoria de ensino do interior do estado de São Paulo, divididos entre: 8 professores da sala regular que ministraram aula no ensino fundamental para alunos com deficiência intelectual, 8 professores que ministraram aula no ensino médio para alunos com deficiência intelectual e 2 professores da educação especial. Os resultados indicaram que os professores reconhecem a importância da adaptação curricular no ensino dos alunos com deficiência intelectual, mas não tem clareza da definição do conceito e da utilização de recursos e estratégias adaptadas para favorecer a aprendizagem dos conteúdos propostos no currículo. Todavia, os dados revelaram a necessidade de as professoras compartilharem de uma visão mais ampla do como fazer adaptação dos conteúdos escolares. Tais dados indicaram a necessidade de programas direcionados à formação dos professores para atuarem na elaboração de adaptação curricular junto aos alunos com deficiência intelectual.

Palavras-Chave: Educação Especial. Currículo. Deficiência intelectual. Inclusão escolar.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15687/rec.v8i3.23413

Incluir comentário

Direitos autorais 2016 Revista Espaço do Currículo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.







Este periódico está indexado nas bases: