TESTANDO A TECNOLOGIA ATRAVÉS DA ABORDAGEM BOOTSTRAP: O CASO DAS EMPRESAS DE SANEAMENTO DO BRASIL

Emanoel de Souza Barros, Breno Ramos Sampaio, Yony Sampaio

Resumo


O método de simulação bootstrap tem se mostrado bastante eficiente no tocante à criação de intervalos de confi ança bootstrap para testar a consistência dos estimadores de métodos não paramétricos como, por exemplo, DEA, FDH e outros. Estimações bootstrap feitas no sentido de testar a tecnologia também têm mostrado resultados bastante interessantes (SIMAR e WILSON, 1999). Este método reduz os risco de interpretações errôneas ou viesadas inerentes aos modelos não paramétricos, já que os mesmos não utilizam estatísticas de testes para medir a consistência de seus estimadores. Este trabalho em particular tem como objetivo principal verifi car se índices de tecnologia, estimados pelo método Malmquist convencional, apresentam variação de efi ciência e de tecnologia significativa quando são submetidos a um teste de hipótese bootstrap. São utilizados dados de empresas de saneamento do Brasil para o período de 1998 a 2003. Os resultados mostram que os períodos analisados apresentam variações signifi cativas em seus índices de efi ciência. Estas variações estão, em certos casos, ligadas aos efeitos de mudanças tecnológicas. As distribuições dos índices de efi ciência sob simulação têm se mostrado muito suscetíveis às variâncias bootstrapestimadasparacadaperíodo,desenhandodistribuiçõesmaisdispersas que outras. No entanto, tais testes têm se mostrado efi cientes no sentido de aproximar os resultados estimados de sua verdadeira fronteira.

Texto completo:

PDF





ISSN 1517-9354




Este periódico está indexado nas bases: