A POTÊNCIA TRANSFORMATIVA DOS ENCONTROS: eficácia e presença partilhada em territórios movediços da arte

Milene Lopes Duenha, Cecília Lauritzen Jácome Campos

Resumo


E se partilhássemos experiência em vez de apresentarmos nossas obras de arte, sob a intenção de prever o que sentirá o espectador? Este artigo propõe discutir a noção de eficácia, observando a presença do artista como possibilidade de partilha na experiência artística que se compõe no aqui-agora, evidenciando o encontro entre corpos, como potência de afeto. Os autores Bento Espinosa, Yanick Bressan e Marco De Marinis inspiram as palavras contidas neste escrito.

Texto completo:

PDF


ISSN Eletrônico: 2177-8841