Interoperabilidade da informação arquivística: a descrição arquivística como padrão e uma possível ontologia da Web 3.0

Charlley dos Santos Luz, Cibele Araújo Camargo Marques dos Santos

Resumo


A partir da análise do contexto de estudos de informação e considerando a especificidade da informação arquivística, aborda-se a interoperabilidade originada na padronização descritiva. A base da pesquisa é a descrição arquivística e sua versão internacional (ISAD-G) e brasileira (NOBRADE), como componentes de linguagens semânticas, que participam das camadas ontológicas da Web 3.0. Conclui-se que a padronização é importante aos agentes computacionais e ao processo para a interoperabilidade da informação arquivística e que este precisa de mais pesquisas, além de representar uma abordagem diferenciada de atuação do profissional da informação no campo da Arquivística.


Texto completo:

PDF


Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia ISSN: 1981-0695

 Indexadores

Resultado de imagem para INFOBILA