FREGE: VERDADE E PENSAMENTO NA LÓGICA (1897) E EM DER GEDANKE

Marcos Amatucci

Resumo


O conceito de verdade e de pensamento, bem como a defesa anti-psicologista de uma epistemologia objetiva da Lógica, presentes em der Gedanke de 1918, não significam uma ruptura em relação ao pensamento anterior de Frege, mas em essência já estavam presentes no texto de publicação póstuma Lógica, de 1897. A novidade em der Gedanke é uma argumentação contra o Princípio de Imanência, que Frege verifica estar presente em toda a argumentação psicologista de seus contemporâneos. O conceito objetivo de verdade leva à postulação do terceiro reino, dos objetos não-reais e objetivos, ao qual o pensamento pertence.

 

[doi:http://dx.doi.org/10.7443/problemata.v5i2.21487]


Palavras-chave


Verdade, Lógica, Anti-psicologismo, Frege, Imanência, Pensamento

Texto completo:

PDF

Referências


COSTA, C. F.; FREGE, G. (1999). Estudos filosóficos. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro. [DG]

FREGE, G. (1991). Posthumous writings. [LO]

PORTA, M. A. G. (2009). A crítica de Frege ao idealismo em Der Gedanke. Veritas–Revista de Filosofia da PUCRS, 54 (2).




DOI: https://doi.org/10.7443/21487

Crossref logo