NECESSIDADES DE INFORMAÇÃO DE IDOSOS: PESQUISA COM O GRUPO DE IDOSOS “ALEGRIA DE VIVER”, SESC- PB

Ernesto Batista Mane, Eliane Bezerra Paiva

Resumo


A informação utilitária auxilia na solução dos problemas que emergem no cotidiano das pessoas e pode contribuir para ampliar o conhecimento e melhorar a qualidade de vida dos idosos, segmento marginalizado na sociedade. Trata-se de um relato de pesquisa sobre necessidades de informação utilitária dos idosos do Grupo “Alegria de Viver”, SESC- PB. A metodologia incluiu uma pesquisa bibliográfica e na Internet e uma pesquisa de campo. Os resultados apontam que a maioria dos idosos do grupo é do sexo feminino, está na faixa etária de 60 a 70 anos de idade, estado civil viúvo, tem o ensino médio como formação educacional, profissão do lar e possui transporte próprio. As necessidades informacionais dos idosos se inserem nas áreas de saúde, lazer educação. Em suas buscas de informação, a barreira financeira é a mais significativa, em razão do baixo valor das aposentadorias. Os canais e fontes de informação mais utilizados pelos idosos são a televisão, o rádio e as conversas informais. Concluiu-se que as necessidades de informação utilitária dos idosos são resultantes de seu cotidiano e estão vinculadas às suas preocupações com a saúde e às suas aspirações de lazer e educação.

Texto completo: PDF