COMUTAÇÃO BIBLIOGRÁFICA NA BIBLIOTECA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DA PARAÍBA: da necessidade ao uso da informação

Joseane Amaral de Lucena, Alzira Karla Araújo da Silva

Resumo


Serviços de informação em rede vêm sendo disponibilizados nas bibliotecas universitárias com
informação qualitativa em diversas áreas do conhecimento. Todavia, a Comutação Bibliográfica (COMUT), rede que complementa e amplia os acervos físicos dessas bibliotecas vem sendo, em alguns casos, sub-utilizada ou secundarizada, por desconhecimento do usuário ou por barreiras lingüísticas, tecnológicas, técnicas, entre outras. Parte dessa problemática o objetivo de analisar o uso do COMUT na Biblioteca da Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba, identificando perfil, expectativas e barreiras dos usuários frente a esse serviço. Para tanto, adota-se uma abordagem quanti-qualitativa, desenvolvida a partir de um estudo de campo do tipo exploratório. Os sujeitos são os usuários deste
serviço e os dados foram coletados por meio de um questionário. Os resultados indicam o desconhecimento do COMUT. Contudo, os sujeitos que utilizam esse serviço afirmam sempre recuperar a informação que procuram, cujo objetivo é atender as necessidades informacionais para elaboração de Trabalho de Conclusão de Curso e a busca de artigos científicos. Barreiras são encontradas no tocante a língua, questões econômicas e de tempo. A principal expectativa oriunda do uso é a de localizar a informação demandada. Uma das vantagens apresentadas é a diversidade de informação científica. Conclui-se que é necessário planejar uma política de educação de usuário e de marketing, em especial de promoção, baseando-se no estudo de usuário realizado, que divulgue o COMUT como um serviço que dispõe de informação pertinente à área da saúde e outras, intensificando a busca e o uso do COMUT na biblioteca.

Texto completo:

PDF