A caça à verdade: critérios, metodologias e selos do Fact-Checking brasileiro

João Guilherme de Melo Peixoto, Alice Cristiny Ferreira de Souza

Resumo


Parte integrante de uma pesquisa que aborda a definição do conceito de notícia falsa em circulação nas redes sociais, o presente artigo analisa alguns dos critérios, metodologias e selagens adotadas por três serviços de checagem de fatos brasileiros signatários do código internacional de conduta e princípios do Fact-Checking. A partir de revisão bibliográfica da construção do conceito de verdade e pós-verdade, conclui-se que a dificuldade em delimitar o que é verdade interfere na maneira como os serviços de Fact-Checking apontam os resultados das checagens realizadas.

Palavras-chave: Pós-verdade. Fact-checking. Notícias falsas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-5930.2018v11n2.43545

Direitos autorais 2018 Culturas Midiáticas



UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA / CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES - PPGC/UFPB