O CICLO ECONÔMICO BRASILEIRO NOS ANOS 90: UMA ANÁLISE COM VETORES AUTO REGRESSIVOS

Nelson Rosas Ribeiro, Adonias Vidal de Medeiros Junior

Resumo


O artigo analisa o comportamento cíclico da atividade econômica brasileira, nas últimas quatro décadas, com crises deflagradas no início dos anos 60, 70, 80 e 90, e nos últimos anos da década de 90, propondo uma periodização. É utilizada a teoria econômica marxiana das crises cíclicas de superprodução desenvolvida por Ribeiro (1983), (1988) e (2002). Concluiu-se que o ciclo econômico dos anos 90 durou 12 anos com fases de crise entre 1987/1992 e fases de reanimação e auge entre 1993/1997. A aplicação de técnicas de cointegração e modelos VAR mostrou que: a) as elevadas elasticidades de curto e longo prazo do PIB e do produto industrial com respeito a FBKF, tornam este capital a base da natureza cíclica da atividade econômica; e b) a política econômica age sobre o ciclo apenas no curtíssimo prazo, o que justifica as deformações do último auge econômico, e confirma o fenômeno como lei do sistema.

Texto completo:

PDF





ISSN 1517-9354




Este periódico está indexado nas bases: