O óbvio da informação científica: acesso e uso

Maria das Graças Targino

Resumo


O texto aborda o acesso e o uso da informação científica, a partir da sua concepção e função para o avanço científico e tecnológico dos países. Na sociedade contemporânea, as redes eletrônicas de comunicação (ênfase para a Internet) agilizam o fluxo informacional, ao tempo que exigem mais rigor para a seleção da informação científica consistente. Entre alternativas de acesso à informação, além dos periódicos científicos (impressos ou eletrônicos), está o movimento de acesso livre à informação científica, que recorre a repositórios de acesso livre e/ou a softwares de código aberto. Há outras opções: (1) o Creative Commons, projeto sem fins lucrativos, que disponibiliza licenças flexíveis para obras intelectuais, incluindo textos científicos e o (2) Open Source Journalism (OSJ), que incentiva a participação efetiva da comunidade na produção de notícias. Em qualquer caso, reiterasse que inexistem soluções únicas para sociedades múltiplas. Isto é, cada inovação tecnológica tem o seu próprio espaço e o seu próprio público (sem riscos de o mundo tornar-se uma aldeia global), de modo que o acesso e o uso à informação científica ocorrem, também, de forma multifacetada.

Acesso ao texto completo (PDF)

Palavras-chave


Informação Científica; Internet; Acesso Livre; Creative Commons; Open Source Journalism.



Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia ISSN: 1981-0695