A QUESTÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICAS NO BRASIL: (NÃO) SOMOS RACISTAS?!

  • Elenilson Delmiro dos Santos Universidade Federal da Paraíba
  • Maria do Carmo Melo Aguiar Neta Universidade Federal da Paraíba
  • Roseane Delmiro dos Santos Universidade Federal da Paraíba

Resumo

O episódio da jovem negra, vítima de racismo numa rede social ao postar uma foto com o namorado branco, bem como, o xingamento desferido por uma torcedora a um goleiro durante uma partida de futebol, ilustram que o racismo sempre existiu no Brasil. E a banalização de tais atos tem se tornado frequente em nosso cotidiano. Nesse sentido, o presente trabalho discute a importância de se promover uma educação em/para os Direitos Humanos, sobretudo no que diz respeito às situações vivenciadas dentro do ambiente escolar, as quais têm refletido a influência de tais atitudes preconceituosas. Sendo assim, a pesquisa de caráter descritivo-interpretativista, terá corpus composto por questionários aplicados a professores e alunos a respeito desta temática. O estudo baseia-se em Zenaide & Araújo (2012) e Aquino (2012), levando-nos a pensar que uma prática educativa pautada nos DH pode propiciar uma mudança de postura da sociedade, enfatizando uma conduta alteritária, além de elevar a autoestima dessas vítimas de preconceito.

Biografia do Autor

Elenilson Delmiro dos Santos, Universidade Federal da Paraíba
Programa de Pós-Graduação em Ciência das Religiões
Maria do Carmo Melo Aguiar Neta, Universidade Federal da Paraíba
PROFLetras - Mestrado Profissional em Letras
Roseane Delmiro dos Santos, Universidade Federal da Paraíba
Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas
Publicado
2015-03-06
Seção
Direitos Humanos, Violência e Relações Etnicorraciais