A LEI 10.639/03 E OS DESAFIOS DE SUA IMPLANTAÇÃO: UMA ABORDAGEM SOBRE AS DIFICULDADES DOS PROFESSORES DE LITRATURA EM LECIONAR O QUE NÃO SE APRENDE NA IES

  • Joseane da Silva Nascimento UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
  • Sayonara Souza da Costa UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Resumo

A lei 10.639/03 torna obrigatório os estudos sobre a História afro-brasileira e africana na escola. A lei supracitada é um meio de trazer para o espaço escolar as reflexões no que se diz respeito às desigualdades sociais e ao racismo que nossa sociedade ainda não conseguiu superar. Sabemos que a miscigenação que aconteceu no Brasil pode ser considerada uma das mais intensas, e abordagens que ajudem a superar de vez todo esse preconceito são cada vez mais necessárias. Mas a implantação dessa Lei fez surgir inúmeros questionamentos, seja no espaço escolar, ou até mesmo na IES: como é possível ensinar o que não se conhece? Nós estudamos sobre o continente africano na IES? Nós conhecemos a Literatura desse país? Tendo em mente o caráter obrigatório da abordagem sobre a Literatura Africana na escola, este artigo objetiva-se em abordar as dificuldades encontradas na trajetória de formação na IES devido à falta da abordagem do ensino da Literatura Africana, já que essa disciplina é optativa na academia.
Publicado
2015-03-06
Seção
Iniciação Científica