OS TRANSPARENTES - ONDJAKI NA VISÃO DO MATERIALISMO HISTÓRICO DIALÉTICO.

  • Maria Jose do Nascimento UFPB
  • Helen Cris da Silva UFPB
  • Nilma Barros da Silva UFPB

Resumo

Nosso trabalho pretende abordar a temática da invisibilidade humana, a partir da análise social da obra “Os Transparentes”, de autoria do escritor angolano Ondjaki. Para tal nos baseamos na visão Marxista Cultural (MARX, Karl- Manifesto Comunista-1948) e do Materialismo Histórico Dialético (MARX E ENGELS- A Ideologia Alemã- 1847). Para Marx, os fenômenos humanos são compreendidos como sociais e históricos, os quais expressam e resultam nas contradições sociais. (MARX E ENGELS, 1993, P.55). Ou seja, a falta de empregos dignos, boas condições de trabalho e uma fonte de renda, geram consequências sociais, históricas e até mesmo psicológicas. Podemos observar na obra Os Transparentes, que é polissêmica e mostra de maneira alegórica as contradições sociais que há uma grande luta pela sobrevivência dos personagens de uma classe social desfavorecida de um edifício de Luanda, enquanto a elite que domina o local, seja por parte de políticos, empresários e outros, ocupam os melhores cargos e ditam as regras da sociedade e os mantém alienados, não os enxergam como seres humanos e ignoram suas necessidades primordiais, atentando apenas para o lucro.

Biografia do Autor

Maria Jose do Nascimento, UFPB
Estudante de Letras- Português da UFPB
Helen Cris da Silva, UFPB
Estudante de Letras-Português da UFPB
Nilma Barros da Silva, UFPB
Estudante de Letras-Português da UFPB
Publicado
2015-03-17
Seção
Iniciação Científica