A CASA DE FAYOLA: ASPECTOS SOCIAIS E AS RELAÇÕES DE GÊNEROS

  • Francielle Silva Universidade Federal de Campina Grande
  • Márcia Tavares Silva Universidade Federal de Campina Grande

Resumo

A literatura negra e/ou afro-brasileira apresenta, por meio de seu discurso poético, questões socioeconômicas, religiosas e culturais. Pretende-se, neste artigo, realizar uma leitura comparativa entre as personagens Fayola e Alexandre, do conto A Casa de Fayola, de Abílio Ferreira, que faz parte da coletânea Cadernos Negros: os melhores contos. Pode-se perceber, no texto, a ligação que a personagem Fayola tem com a comunidade onde vive, considerando tanto o aspecto socioeconômico quanto o cultural e religioso da população. Esse mesmo tratamento não é demonstrado por Alexandre. Ele menospreza não só o local como também o povo residente na comunidade. Além disso, pode-se perceber o tratamento machista com que Alexandre trata Fayola. Portanto, este trabalho procura acentuar a importância do cenário para a construção da narrativa bem como das ações produzidas pelas personagens. Este artigo apresenta como referencial teórico Candido (1968), Bernd (1988), Zolin (2005), Duarte (2008) e Fonseca (2010). Palavras-chave: Literatura afro-brasileira; gênero; espaço.

Biografia do Autor

Francielle Silva, Universidade Federal de Campina Grande
Mestranda na linha de pesquisa em Literatura e Ensino pela UFCG, com ênfase na literatura negra em sala de aula
Publicado
2015-03-17
Seção
Literaturas Africanas e da Diáspora Negra