COMUNIDADES QUILOMBOLAS NA PARAÍBA

  • Maria Ester Fortes

Resumo

Segundo dados publicados pela Fundação Cultural Palmares, em abril de 2014, existem, no Brasil, 2007 comunidades remanescentes de quilombos autorreconhecidas e certificadas pela instituição. Na Paraíba, elas são 36. Sabemos, no entanto, que esse número não abrange todo o universo das comunidades negras no Estado. Diante de tais números, poderíamos nos perguntar: Que realidade é essa de que estamos tratando, afinal? Quem são as chamadas 'comunidades remanescentes de quilombos'? Como podemos compreender sua presença nessa parte do Nordeste brasileiro e no estado da Paraíba, particularmente, onde, até há alguns anos, a presença de uma população negra era considerada pouco significativa? Para refletir sobre essa questão, sigamos brevemente o percurso do que Arruti (2002) denomina de “fenômeno de etnização da política, como ele se apresenta no Nordeste brasileiro”
Publicado
2016-02-12
Seção
Cadernos Afro-Paraibanos