IDENTIDADE E CORPO NA MARCHA DAS VADIAS

Autores

  • Aline Ribeiro Quintanilha de Souza Programa de Pós Graduação em Antropologia da Universidade Federal Fluminense (PPGA-UFF)

Palavras-chave:

Corporalidade. Gênero. Movimentos feministas

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar os temas de identidade de gênero e corporalidade na Marcha das Vadias. Esta é um movimento social que tem recebido visibilidade e experimentado um grande crescimento em adeptos e importância para as questões de gênero no Brasil. Este trabalho busca entender como práticas corporais são construídas para um objetivo político específico. Pretendo relacionar as principais reivindicações políticas desenvolvidas na manifestação com a construção da identidade "vadia".

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Ribeiro Quintanilha de Souza, Programa de Pós Graduação em Antropologia da Universidade Federal Fluminense (PPGA-UFF)

Doutoranda em Antropologia pelo Programa de Pós Graduação em Antropologia da Universidade Federal Fluminense (PPGA-UFF). Mestre em Antropologia pelo mesmo programa.

Arquivos adicionais

Publicado

2015-12-23

Como Citar

RIBEIRO QUINTANILHA DE SOUZA, A. IDENTIDADE E CORPO NA MARCHA DAS VADIAS. Gênero & Direito, [S. l.], v. 4, n. 3, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/ged/article/view/25979. Acesso em: 24 abr. 2024.

Edição

Seção

Gênero, Sexualidade e Feminismo