Sentido da vida na Cidade dos Homens: Uma análise logoterapêutica e existencial

  • Alice Cristina Silva Universidade Federal da Paraíba.

Resumo

Este trabalho se propõe a analisar a obra cinematográfica “Cidade do Homens”, dirigida por Fernando Meirelles em 2007, a partir dos aspectos pertinentes da Logoterapia e Análise Existencial frankliana. A Logoterapia e a Análise Existencial foram formuladas pelo psicólogo austríaco Viktor Emil Frankl, e assumiram a forma de teoria após sua libertação dos campos de concentração nazistas. A análise do filme citada permitiu reconhecer a aplicabilidade dos conceitos teóricos da Logoterapia em situações genuinamente humanas e comuns da existência do homem.

Biografia do Autor

Alice Cristina Silva, Universidade Federal da Paraíba.
Graduanda em Psicologia (Formação de Psicólogo) pela Universidade Federal da Paraíba. Pertencente ao Núcleo de Pesquisas e Estudos sobre o Desenvolvimento da Infância e Adolescência (NUPEDIA), sob a coordenação da Profª Drª Maria de Fátima Pereira Alberto.
Publicado
2019-05-08
Seção
Estudos Teóricos