O Bibliotecário 2.0 e a Emergência de Novos Perfis Profissionais

  • Brasilina Passarelli

Resumo

Resultados parciais de pesquisa de pós-doutorado realizada em 2008 no contexto de um projeto acadêmico binacional (Espanha/Brasil) financiado pela CAPES são apresentados. A pesquisa original contempla o estado da arte acerca das redes sociais e das novas formas de aprender e produzir conhecimento complementada pelo mapeamento das novas competências necessárias ao bibliotecário para atuar neste contexto. A pesquisa de campo compreende o mapeamento das grades curriculares da graduação em biblioteconomia das Universidades proponentes: Universidad Carlos III (Madrid) e Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, USP (Brasil) bem como estudo exploratório qualitativo com bibliotecários atuando como gestores da informação em organizações transnacionais, na Espanha e no Brasil. Neste artigo concentram-se as reflexões reunidas no estado da arte que desenham os contornos das redes sociais, dos coletivos digitais e seus impactos nas novas formas de aprender e produzir conhecimento. A reboque deste cenário são introduzidas as novas competências necessárias aos bibliotecários para atuar como gestores da informação em organizações contemporâneas. link para o texto completo: http://www.dgz.org.br/dez09/Art_01.htm
Publicado
2011-07-27
Seção
Resumos de artigos científicos