Cultura Digital: novo sentido e significado de documento para a memória social?

  • Vera Dodebei

Resumo

Da construção histórica do conceito de documento, ao caráter híbrido das mídias que compõem as “nuvens” de memórias virtuais e suas linguagens, este artigo busca compreender o sentido (processo) e o significado (produto) que a idéia de documento possa ter para uma memória social digital. O documento, no âmbito da ciência da informação e da memória social, é a matéria de discussão da primeira parte desta comunicação. Em seguida, indica-se o cenário tecnológico das mudanças ocorridas na cultura digital da modernidade para a pós-modernidade e dos objetos digitais representados pelas mídias híbridas que modificam a trajetória da ciência da informação e formatam a memória social. Como conclusão, apresenta-se o estado-da-arte, no Brasil, das ações políticas para a constituição de arquivos, bibliotecas e museus digitais virtuais e da preservação do documento/patrimônio (nascido) digital. Palavras-chave: Cultura digital. Documento. Ciência da informação. Memória social. Patrimônio digital. Link para o texto completo (HTML) http://dgz.org.br/abr11/Art_01.htm
Publicado
2012-08-09
Seção
Resumos de artigos científicos