Orçamento participativo: uma abordagem na perspectiva da Ciência da Informação

  • Alex de Araujo Lopes
  • Isa Maria Freire

Resumo

Este trabalho postula destacar a importância do orçamento participativo como fonte de inclusão social na sociedade intensiva de informação, em conjunto com os postulados da Ciência da Informação. O modelo participativo de gestão do orçamento participativo apresenta sinais de possibilidades de construção de um método provedor de democracia, e nesse processo a informação torna-se insumo inestimável. Nesse contexto, a Ciência da Informação surge como uma teia de formulações com laços concomitantes para que o acesso, a disseminação, o registro e a organização das informações produzidas sejam transformadas em realidades, sugerindo, ademais, proposições de ordem educativa para a cidadania. No atual momento de transição histórica e cultural pela qual estamos passando na sociedade brasileira, comunidades e pessoas excluídas econômica e socialmente tem a possibilidade de participar do processo de gestão democrática mediante o orçamento participativo. Estes núcleos de compartilhamento de informações, conhecimentos e saberes tendem a contribuir para criar alternativas de transformação do espaço social, de modo a promover a inclusão dos grupos sociais menos favorecidos no acesso a informação. Palavras-chave: Orçamento participativo. Inclusão social. Políticas públicas. Ciência da Informação. Link para o texto completo (PDF) http://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/17633/12483
Publicado
2012-08-09
Seção
Resumos de artigos científicos