Políticas arquivísticas e suas implicações na preservação, no acesso e no uso dos documentos

  • Rose Tenório de Oliveira

Resumo

Este estudo propõe discutir as implicações que a inexistência de políticas arquivísticas pode ter na preservação de acervos documentais. Leva em consideração que a preservação documental tem como objetivo garantir o acesso e o uso dos documentos, uma vez que o manuseio incorreto durante uma pesquisa é um dos vários fatores degradantes que afetam os acervos. Procura elencar tanto as dificuldades existentes nesse campo, quanto explicar que a preservação documental consiste em um trabalho de gestão onde o que está em jogo é o planejamento para definição de prioridades de ação.

 

Palavras-chave: Preservação Documental. Políticas de arquivo. Acesso. Uso. Arquivologia.

 

Link para o texto completo (PDF)
http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2011v16nesp1p60

Publicado
2012-08-09
Seção
Resumos de artigos científicos