Estágios: reflexões sobre a ação didático–pedagógica na formação do profissional da informação

  • Asa Fujino
  • Michele de Oliveira Vasconcelos

Resumo

O trabalho propõe diretrizes para repensar a ação didático-pedagógica dos docentes orientadores da disciplina “Estágio Supervisionado” e coordenadores acadêmicos de estágios extracurriculares desenvolvidos por alunos de Biblioteconomia. Baseia-se em resultados de estudo exploratório sobre a contribuição dos estágios na formação do profissional da informação, que teve como alicerces: a) referencial teórico fundamentado em dois eixos temáticos: a ação didático-pedagógica focada em estratégias de ensino com pesquisa e o papel do estágio na formação do aluno, especialmente sua inserção no contexto da Biblioteconomia e Ciência da Informação; b) estudo de caso no curso de Biblioteconomia da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), que envolveu: análise documental para contextualizar a disciplina “Estágio Supervisionado em Unidades de Informação” e pesquisa com alunos egressos do curso de Biblioteconomia da ECA/USP visando investigar a contribuição dos estágios realizados durante a graduação, para sua formação acadêmica e profissional. A pesquisa mostra que os estudantes realizam muitos estágios extracurriculares desde o primeiro ano de graduação e, no geral, acreditam que o estágio contribuiu de forma muito positiva para sua formação. Revelou, no entanto, necessidade de revisão de conteúdo e metodologia da disciplina Estágio Supervisionado em Unidades de Informação e de novas estratégias de acompanhamento acadêmico da atividade de estágio em geral.

 

Palavras-Chave: Ensinar com Pesquisa. Ação didático-pedagógica. Estágio curricular obrigatório. Estágio extracurricular. Educação Superior. Profissional da informação. Biblioteconomia.

 

Link para o texto completo (PDF)
http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/59/61

Publicado
2012-08-20
Seção
Resumos de artigos científicos