Obstáculos à construção de políticas nacionais de arquivos no Brasil e na Espanha: uma abordagem teórico-metodológica de análise comparada

  • José Maria Jardim

Resumo

São analisados os obstáculos à formulação de políticas nacionais de arquivos no Brasil e na Espanha. O método comparativo é utilizado como recurso, considerando-se suas possibilidades para análises comparadas de políticas públicas de informação em níveis nacionais. Além de se avaliar o alcance das políticas executadas, mostram-se também relevantes os elementos que impedem a formulação de políticas arquivísticas. A produção de conhecimento sobre o tema mostra-se fundamental para a emergência de novas discussões no espaço acadêmico e, se possível, na configuração de uma agenda política com diversos atores sociais.

 

Palavras-chave: Políticas nacionais de arquivos. Políticas públicas de informação. Análise comparada. Arquivos públicos. Sistemas de arquivos.

 

Link para o texto completo (PDF)
http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/viewFile/409/283

Publicado
2012-08-20
Seção
Resumos de artigos científicos