Marketing informacional em unidades de informação

  • Edna da Silva Angelo Fundação Guimarães Rosa
  • Fabricio Ziviani Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

Resumo: A aplicação da teoria do Marketing Informacional como recurso gerencial para Unidades de Informação é demonstrada por meio do caso da Biblioteca Fantásticas Veredas da Fundação Guimarães Rosa, com o intuito de compreender a extensão, natureza e eficácia de tal procedimento. A primeira etapa do trabalho consistiu na revisão bibliográfica sobre Unidades de Informação e Marketing Informacional. Em seguida, foi realizado um diagnóstico do ambiente externo e interno à Biblioteca. Com os conceitos e o cenário situacional devidamente compreendido, a Unidade adotou uma gestão orientada pelo marketing e para implementar estratégias do Marketing Informacional, baseou-se em ações dedicada a formas específicas do impacto sobre os consumidores: produto, preço, praça e promoção. Para entender a ocorrência dos processos, como e sob que circunstância ele ocorria, sem quantificar sua ação, utilizou da pesquisa qualitativa, de caráter descritivo e como técnica de coleta de dados, a observação participante do tipo direta. Foi verificado que essas ações resultaram numa soma de fatores positivos que agregou valor à imagem da instituição. Palavras-chave: Marketing. Marketing Informacional. Unidades de Informação. Bibliotecas. Fundação Guimarães Rosa. Link para o texto completo (htm) http://www.dgz.org.br/ago11/Art_05.htm

Biografia do Autor

Edna da Silva Angelo, Fundação Guimarães Rosa
Especialista em Gestão Estratégica de Marketing, Centro Universitário UNA em Minas Gerais. Bibliotecária Fundação Guimarães Rosa.
Fabricio Ziviani, Universidade Federal de Minas Gerais
Professor e Coordenador de Curso Pós-Graduação do Centro Universitário UNA em Minas Gerais. Doutorando Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais.
Publicado
2013-01-03
Seção
Resumos de artigos científicos