Sobre imagens: tecnologias invisíveis e a transparência do espetáculo

  • Wagner Souza e Silva Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP).

Resumo

O objetivo do artigo é propor uma reflexão a respeito das imagens nos meios de comunicação contemporâneos. Como ponto de partida, tem-se o modelo interpretativo de Gianni Vattimo para a presença dos mass media na sociedade pós-moderna. Sua postura otimista desenvolvida em a Sociedade transparente será contraposta à postura pessimista de Guy Debord em a Sociedade do espetáculo, uma teoria que ainda mantém considerável influência nos estudos dos meios. Sugere-se que a produção imagética contemporânea e a diversificação da experiência estética do sujeito determinam um cenário em que a imagem adquire aspectos muito mais conscientizadores do que alienadores. Observa-se também a influência dos dispositivos híbridos que trazem cada vez mais lógicas operacionais simplificadas, tornando-se tecnologias invisíveis que garantem a fruição estética promovida pelas imagens. Palavras-chave: Imagem. Comunicação. Tecnologia. Pós-modernidade. Link para o texto completo (PDF) http://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/22132/14315

Biografia do Autor

Wagner Souza e Silva, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP).
Professor Doutor da Universidade de São Paulo. Possui graduação em Rádio e Televisão pela ECA/USP e, pela mesma instituição, mestrado em Estética do Audiovisual e doutorado em Estudo dos Meios e da Produção Mediática (2010), este realizado com bolsa FAPESP.
Publicado
2013-01-03
Seção
Resumos de artigos científicos