A produção brasileira em Ciência da Informação no exterior como reflexo de institucionalização científica

  • Aline Elis Arboit UFPR
  • Leilah Santiago Bufrem UFPR
  • José Antonio Moreiro González Universidad Carlos III de Madrid

Resumo

Analisa o conceito de institucionalização científica e suas relações com a pesquisa no contexto da produção científica representada pelas publicações em livros, artigos de periódicos, capítulos de livro e trabalhos em eventos no exterior por pesquisadores brasileiros registrados nos currículos da Plataforma Lattes. Por meio de análise quantitativa e diacrônica, realizada a partir do levantamento das publicações, verifica a evolução dos documentos publicados fora do país, distribuição das publicações por país e por tipo de documento, além do perfil dos autores. Considera que os estudos analisados contribuem para o reconhecimento e visibilidade dos pesquisadores brasileiros em Ciência da Informação (CI) nos outros países e, consequentemente, para o fortalecimento da institucionalização científica deste campo no Brasil. Palavras-chave: Institucionalização científica. Ciência da Informação. Produção científica. Cientometria. Plataforma Lattes. Link para o texto completo (PDF) http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/1099/893

Biografia do Autor

Aline Elis Arboit, UFPR
Doutoranda em Ciência da Informação na Universidade Estadual Paulista. Mestrado em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação pela Universidade Federal do Paraná.
Leilah Santiago Bufrem, UFPR
Pós-doutora pela Universidad Autónoma de Madrid. Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo. Mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná.
José Antonio Moreiro González, Universidad Carlos III de Madrid
Pós-doutorado pela Universidade de São Paulo - USP. Doutorado pela Universidad Nacional de Educación à Distancia - UNED.
Publicado
2013-04-23
Seção
Resumos de artigos científicos