Conceituação e aplicação do novo padrão para descrição bibliográfica Resource Description and Access (RDA)

  • Eliana Barboza de Oliveira Silva Universidade Presbiteriana Mackenzie.
  • Liliana Giusti Serra Centro Universitário Assunção.
  • Norma Cianflone Cassares Centro Universitário Assunção – Unifai.
  • Maria Cristina Palhares Valencia Centro Universitário Assunção – Unifai.

Resumo

Ao longo do tempo as regras de padronização e bases fundamentais da catalogação vêm sofrendo mudanças e atualizações para atender às transformações tecnológicas da informação e comunicação, como também suportar o surgimento de novas mídias e variados suportes da informação. É nesse momento que nasce a RDA, com o anseio de ser um novo padrão para atender aos novos desafios. Por meio de pesquisa teórica é realizada uma análise sobre a RDA, tratando de seus objetivos, sua nova estrutura baseada nas entidades do modelo FRBR, as similaridades com as AACR2, as mudanças no MARC para comportar as informações bibliográficas propostas pela RDA e o teste norte-americano para avaliar sua implantação, além dos desafios que a comunidade biblioteconômica terá até a implantação prevista para janeiro de 2013. Palavras-chave: Catalogação. Representação Descritiva. Registro bibliográfico. RDA. Link para o texto completo (PDF) http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/74/76

Biografia do Autor

Eliana Barboza de Oliveira Silva, Universidade Presbiteriana Mackenzie.
Bacharel em Biblioteconomia pelo Centro Universitário Assunção - Unifai e atua como técnica no Desenvolvimento de Coleções da Biblioteca George Alexander da Universidade Presbiteriana Mackenzie.
Liliana Giusti Serra, Centro Universitário Assunção.
Especialista em Gerência de Sistemas de informação e Bacharel em Biblioteconomia pela FaBCI-FESP-SP. Atua como especialista em software pela empresa Primasoft e como docente no Centro Universitário Assunção – Unifai.
Norma Cianflone Cassares, Centro Universitário Assunção – Unifai.
Especialista em preservação e conservação de acervos em papel pela Library of Congress, Bacharel em Letras pelo Centro Universitário Assunção – Unifai. Atua na área de conservação, preservação e restauro de acervos documentais e é docente, no Unifai, na disciplina de Conservação preventiva de documentos.
Maria Cristina Palhares Valencia, Centro Universitário Assunção – Unifai.
Mestre e Doutoranda em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, Bacharel em Biblioteconomia pela FaBCIFESP-SP. Docente do Centro Universitário Assunção – Unifai, onde leciona as disciplinas de Tecnologias da Informação e Comunicação.
Publicado
2013-04-22
Seção
Resumos de artigos científicos