Algumas contribuições da perspectiva filosófico-semiótica de Peirce para a análise de assunto

  • Franciele Marques Redigolo Universidade Estadual Paulista - UNESP.
  • Carlos Cândido de Almeida Universidade Estadual Paulista - UNESP.

Resumo

Considerando os atuais estudos científicos que permeiam a Ciência da Informação e a Semiótica, destaca-se que o estudo semiótico apresenta-se relevante para a área, uma vez que os signos são interpretados de modo diferente por cada pessoa, principalmente quando são oriundos da interpretação do assunto documental, ou seja, possuidores de uma grande amplitude e diversidade. Nesse sentido, a Semiótica pode contribuir com diversas áreas uma vez que busca elementos que possibilitem a compreensão de fenômenos, de modo a conduzir uma teorização adequada a respeito das preocupações existentes nas pesquisas em organização da informação e do conhecimento. Objetivou-se, com este trabalho, apresentar uma reflexão teórica acerca da análise de assunto resgatando, para tanto, uma abordagem da Filosofia e da Semiótica de Peirce. Assim, apresentam-se algumas relações e contribuições da Filosofia e da Semiótica no tocante às questões que envolvem a análise de assunto, bem como os conceitos de hábito, experiência, representação e tipos de signos gerados nesse processo. Palavras-chave: Análise de assunto. Catalogação de assunto. Charles Sanders Peirce. Semiótica. Filosofia de Peirce. Signos. Link para o texto completo (PDF) http://www.dgz.org.br/jun12/Art_04.htm

Biografia do Autor

Franciele Marques Redigolo, Universidade Estadual Paulista - UNESP.
Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista – UNESP / Marília.
Carlos Cândido de Almeida, Universidade Estadual Paulista - UNESP.
Professor Assistente do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista – UNESP / Marília.
Publicado
2013-04-24
Seção
Resumos de artigos científicos