Modelo conceitual para o capital intelectual integrado à Gestão do Conhecimento

  • Simone Bastos Paiva Universidade Federal da Paraíba.

Resumo

O capital intelectual - CI e a gestão do conhecimento - GC são temáticas relacionadas com a emergência de uma nova sociedade, centrada na informação e no conhecimento. O CI é considerado um fenômeno que eleva o desempenho organizacional, através da integração entre o capital estrutural, o capital humano e o capital cliente. A GC consiste em um conjunto de ações que buscam coordenar desde os processos de geração até a utilização do conhecimento, passando pelo seu armazenamento e seu compartilhamento entre os indivíduos. O presente artigo tem por objetivo propor um modelo conceitual para o gerenciamento do CI, integrado à GC. Trata-se de um estudo exploratório e bibliográfico, desenvolvido a partir de contribuições teóricas, dentre as quais se destacam os seguintes autores Davenport e Prusak (1998), Edvinsson e Malone (1998), Stewart (1998, 2002), Sveiby (1998), Terra (2001) e Von Krogh, Ichijo e Nonaka (2001). Intui-se que a junção dos constructos CI e GC apresenta-se como uma possibilidade para se gerenciar os aspectos não-mensuráveis do capital intelectual, complementando as metodologias que buscam apenas quantificá-lo economicamente. Palavras-chave: Capital intelectual. Gestão do conhecimento. Modelo conceitual. Link para o texto completo (PDF) http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/13329/8207

Biografia do Autor

Simone Bastos Paiva, Universidade Federal da Paraíba.
Doutora em Administração pela Universidade Federal da Paraíba, Brasil. Professora Colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba, Brasil.
Publicado
2013-12-20
Seção
Resumos de artigos científicos