Sentidos de identidades culturais piauienses negociados na recepção midiática do Balé Folclórico de Teresina

  • Janete de Páscoa Rodrigues Universidade Federal do Piauí.

Resumo

Esta pesquisa visa compreender os sentidos identitários construídos na recepção midiática do Balé Folclórico de Teresina (BFT), no Piauí. A metodologia de natureza qualitativa, fundamentou-se na aplicação de entrevistas junto a amostra composta por 12 receptores moradores de Teresina-PI. Estes foram dinamizados mediante exposição de um DVD mostrando diversas danças folclóricas piauienses. Os receptores constroem sentidos identitários numa esfera de unicidade cultural acerca dos piauienses e dos nordestinos. Sentidos de exclusão social foram manifestados quando os receptores fazem alusão à miséria econômica do povo piauiense e nordestino em razão das secas. Sentidos de tradição foram verificados na recepção quando estes esboçaram resistência às reformulações coreográficas feitas nas danças folclóricas mostradas pelo BFT. Outros receptores expressaram sentidos de tradução cultural ao defenderem inovações nas danças folclóricas locais. Concluímos que as mensagens midiáticas do BFT agiu como mediador e co-produtor de múltiplos sentidos identitários culturais junto aos receptores. Palavras-chave: Mídia. Recepção. Identidade cultural. Piauí. Link para o texto completo (PDF) http://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/26855/23680

Biografia do Autor

Janete de Páscoa Rodrigues, Universidade Federal do Piauí.
Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Professora do Programa de Pós - Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Piauí (UFPI).
Publicado
2013-12-21
Seção
Resumos de artigos científicos