O reflexo da inteligência coletiva nas organizações

  • Ketry Gorete Farias dos Passos Universidade Federal de Santa Catarina.
  • Edna Lúcia da Silva Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

As novas tecnologias de informação e comunicação possibilitaram o compartilhamento das informações de maneira rápida e eficaz. Da mesma forma, as organizações têm se apropriado das novas tecnologias para comunicar e disseminar informações. Este artigo tem por objetivo apresentar reflexões sobre como a Web 2.0 pode empoderar as organizações na sociedade em rede. Para isso, utilizou-se de uma revisão de literatura de caráter exploratório na qual foram abordados conceitos como inteligência coletiva, importância da sociedade em redes para as organizações, Web 2.0 e Empresa 2.0. Concluiu-se que as organizações estão se conscientizando cada vez mais do potencial da Web 2.0, não somente para divulgar produtos, mas também como um espaço para a troca de conhecimento, aprimoramento de serviços, bem como para solução de problemas. Assim as empresas que atuam em redes conseguem superar melhor suas limitações com auxílio de seus colaboradores e clientes por meio da inteligência coletiva. Palavras-chave: Empresa 2.0. Inteligência coletiva. Sociedade em rede. Web 2.0. Link para o texto completo (PDF) http://periodicos.puc-campinas.edu.br/seer/index.php/transinfo/article/view/770/750

Biografia do Autor

Ketry Gorete Farias dos Passos, Universidade Federal de Santa Catarina.
Mestranda, Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Campus Universitário, Trindade, 88045-000, Florianópolis, SC, Brasil. Correspondência para/Correspondence to: K.G.F. PASSOS.
Edna Lúcia da Silva, Universidade Federal de Santa Catarina
Professora Doutora, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Ciência da Informação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Florianópolis, SC, Brasil.
Publicado
2013-12-21
Seção
Resumos de artigos científicos