Gestão documental da informação jurídica

  • Ana Cláudia Carvalho de Miranda UFRN
  • Ticiano Maciel D´Amore UFRN
  • Virginia Bentes Pinto Universidade Federal do Ceará

Resumo

Este artigo apresenta uma nova performance da gestão documental, voltada para o desenvolvimento das coleções no âmbito da informação jurídica, estabelecendo critérios de qualidade para os processos de seleção, aquisição e avaliação das informações. A rapidez com que a informação jurídica se inova torna a literatura (ainda que recente) ultrapassada e obsoleta, ocasionando, assim, uma maior dificuldade das bibliotecas permanecerem com suas publicações sempre atualizadas. Por isso, é preciso que sejam elaborados mecanismos de controle e que seja efetuado um bom desenvolvimento dos serviços prestados pelas mesmas. Esses mecanismos são criados por meio da política de desenvolvimento de coleções, pois, quando bem fundamentada, assegura o bibliotecário na tomada de decisões, tanto em relação ao processo de seleção, aquisição e descarte do acervo, como na sustentação da qualidade na atualização da coleção. O processo de desenvolvimento da coleção é visto sob o viés da abordagem sistêmica das organizações. Palavras-chave: Gestão documental. Política de desenvolvimento de coleções. Informação jurídica. Biblioteca jurídica. Link para o texto completo (PDF) http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/1710/1195

Biografia do Autor

Ana Cláudia Carvalho de Miranda, UFRN
Mestranda em Administração pela UFRN. Especialista em Gestão da Qualidade Total pela UFRN. Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas pela FACEX. Bacharel em Biblioteconomia pela UFC.Chefe da Biblioteca do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte
Ticiano Maciel D´Amore, UFRN
Professor da Escola de Música da UFRN. Mestre em Administração pela UFRN.Doutorando em Administração pela UFRN.
Virginia Bentes Pinto, Universidade Federal do Ceará
Professora do Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Ceará. Doutora em Ciências da Informação e da Comunicação – Université Sténdhal-Grenoble-3- França. Mestre em Ciência da Informação pela UFMG
Publicado
2014-06-20
Seção
Resumos de artigos científicos