Prática ecoeficiente na produção de documentos: uma ação sustentável

  • Breno Rolindo Lara Moreira Universidade Federal de Minas Gerais
  • Adriana Fileto Couto e Silva de Oliveira UFMG
  • Janete Fernandes Silva Universidade Federal de Mato Grosso

Resumo

Apesar de as questões relativas à sustentabilidade e ecoeficiência estarem na ordem do dia das organizações, muitos gestores enfrentam dificuldades ao adotarem práticas ecoeficientes por conta do descrédito de colaboradores. Este artigo realizou um estudo empírico pioneiro e comprovou que a Ecofont contribui significativamente para a economia de recursos (naturais e materiais), além de reduzir a emissão de dióxido de carbono. Optou-se pelo estudo de caso na Câmara Municipal de Belo Horizonte porque a organização é responsável por um volume significativo de impressão de documentos. Foram utilizados dados primários, cálculos, testes e softwares como Word 2003 e APFILL. Palavras-chave: Ecofont. Produção de documentos. Sustentabilidade. Processo administrativo. Link para o texto completo (PDF) http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/1798/1202

Biografia do Autor

Breno Rolindo Lara Moreira, Universidade Federal de Minas Gerais
Estudante do Curso de Engenharia Ambiental (Universidade Federal de Minas Gerais).Estagiário do Programa Sustentabilidade da Câmara Municipal de Belo Horizonte
Adriana Fileto Couto e Silva de Oliveira, UFMG
Gestora do Programa Sustentabilidade Economista, Mestre em Administração (CEPEAD/UGMG)
Janete Fernandes Silva, Universidade Federal de Mato Grosso
Professora do Departamento de Biblioteconomia da Universidade Federal de Mato Grosso
Publicado
2014-06-20
Seção
Resumos de artigos científicos