A utilização do Resource Description and Access (RDA) na criação de registros de autoridade para pessoas, famílias e entidades coletivas

  • Fabrício Silva Assumpção Universidade Estadual Paulista
  • Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa Santos Universidade Estadual Paulista

Resumo

Considerando o desenvolvimento do Resource Description and Access (RDA) e a importância do controle de autoridade para os catálogos, este trabalho objetiva apresentar o RDA, seu surgimento e desenvolvimento, contextualizar a criação de registros de autoridade na catalogação descritiva e apresentar a utilização do RDA no registro dos atributos e dos relacionamentos das entidades pessoa, família e entidade coletiva. Apresenta o RDA, sua relação com os modelos conceituais FRBR e FRAD, as seções, capítulos, atributos e relacionamentos definidos para pessoas, famílias e entidades coletivas. Por fim, destaca algumas diferenças entre o RDA e o Anglo-American Cataloguing Rules (AACR2r) e apresenta considerações sobre a implantação do RDA. Palavras-chave: Resource Description and Access (RDA). Controle de autoridade. Functional Requirements for Bibliographic Records (FRBR). Functional Requirements for Authority Data (FRAD). Catalogação descritiva. Informação e tecnologia. Link para o texto completo (PDF) https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2013v18n37p203/25332

Biografia do Autor

Fabrício Silva Assumpção, Universidade Estadual Paulista
Universidade Estadual Paulista.
Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa Santos, Universidade Estadual Paulista
Universidade Estadual Paulista.
Publicado
2014-06-21
Seção
Resumos de artigos científicos