Avaliação da acessibilidade dos sítios eletrônicos das Instituições de Ensino Superior brasileiras

  • Alexandre Severino Pereira Universidade Federal do Espírito Santo
  • André Manhães Machado Universidade Federal do Espírito Santo
  • Teresa Cristina Janes Carneiro Universidade Federal do Espírito Santo

Resumo

Este trabalho apresenta os resultados de uma avaliação do nível de acessibilidade dos sítios e portais eletrônicos das instituições brasileiras de ensino superior e propõe um novo indicador de acessibilidade web, baseado em padrões nacionais e internacionais. As análises realizadas revelaram que somente 1,49% dos códigos (X)HTML e 13,42% dos códigos CSS foram classificados como válidos pelas ferramentas disponibilizadas pelo W3C. As ferramentas ASES e Access Monitor apontaram que nenhuma das páginas testadas era acessível, enquanto a ferramenta AChecker indicou 10 (4,29%) páginas iniciais acessíveis e a Total Validator aprovou somente uma página (0,4%). Os testes não paramétricos realizados não apontaram a existência de diferenças significativas entre regiões ou categorias administrativas das instituições, mas comprovaram diferença significante entre os resultados das análises das ferramentas. Os resultados do índice de acessibilidade web proposto foram coerentes em relação aos quantitativos médios de erros, permitiram apontar o nível de acessibilidade da página web analisada e classificar os portais e sítios web. Palavras-chave: Acessibilidade web. Instituições de ensino superior. WCAG. e-MAG. Link para o texto completo (PDF) http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/15156/10220

Biografia do Autor

Alexandre Severino Pereira, Universidade Federal do Espírito Santo
Especialista em Engenharia de Produção (2012) pela Faculdade Internacional de Curitiba, Brasil. Diretor da Divisão de Logística e Infraestrutura da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e Assistência Estudantil da Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil.
André Manhães Machado, Universidade Federal do Espírito Santo
Graduado em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil. Analista de Sistemas da empresa Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobrás, Brasil.
Teresa Cristina Janes Carneiro, Universidade Federal do Espírito Santo
Doutorado em Administração (2005) e mestrado em Administração (1994) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil. Coordenadora do Mestrado Profissional em Gestão Pública da Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil.
Publicado
2014-06-24
Seção
Resumos de artigos científicos