Administração discursiva: uma nova perspectiva para as bibliotecas universitárias brasileiras

  • Simone Faury Dib IBICT
  • Clóvis Ricardo Montenegro de Lima IBICT

Resumo

Introdução: Neste artigo é apresentada visão geral sobre as bibliotecas universitárias na sociedade contemporânea, abordados os pressupostos básicos relacionados à administração discursiva e reveladas as formas de administração utilizadas nessas bibliotecas, divulgadas no Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias (SNBU). Objetivo: Embasar a proposta de administração discursiva nas bibliotecas universitárias brasileiras, como alternativa às formas vigentes. Metodologia: Investigação das formas de administração utilizadas nas bibliotecas universitárias brasileiras, na sociedade contemporânea, divulgadas no Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias. Resultados: Apresenta diretrizes gerais para adoção da administração discursiva nas bibliotecas universitárias. Conclusões: A administração discursiva constitui-se em alternativa possível e interessante, coerente com as demandas da sociedade contemporânea e que pode contribuir para o desenvolvimento das pessoas, a racionalização dos processos organizacionais, a aprendizagem e a inovação. Palavras-chave: Habermas. Biblioteca universitária. Administração de bibliotecas. Administração discursiva. Teoria do agir comunicativo. Ética do discurso. Link para o texto completo (PDF) http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/infoprof/article/view/17204/pdf_9

Biografia do Autor

Simone Faury Dib, IBICT
Mestre em Ciência da Informação no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT). Bibliotecária da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). II.
Clóvis Ricardo Montenegro de Lima, IBICT
Pós-doutor em Ciência da Informação pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT). Pesquisador adjunto do IBICT.
Publicado
2014-06-24
Seção
Resumos de artigos científicos