Mapeamento e análise da percepção das mudanças associadas ao Acesso Aberto à Literatura Científica com Bibliotecários e Profissionais de Informação de Universidades Públicas Federais e Estaduais do Brasil

  • Rafael Antonio Di Foggi Universidade de São Paulo
  • Ariadne Chloe Mary Furnival Universidade Federal de São Carlos

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi explorar as percepções dos bibliotecários e profissionais de informação das bibliotecas universitárias públicas federais e estaduais do Brasil localizados na frente do potencial impacto do movimento de acesso aberto (OA) à literatura científica. Esta pesquisa possui uma abordagem metodológica qualitativo-quantitativa. Um questionário foi criado, adaptado daquele de Palmer, Dill e Christie (2009), que traçou o perfil do profissional responsável pela biblioteca digital e repositório institucional nos Estados Unidos, adequando-o ao cenário brasileiro. Enviou-se 1125 questionários, para bibliotecários de todas as Universidades Federais do Brasil, mais uma Universidade Estadual de cada estado, e foram obtidos 244 questionários respondidos na íntegra, totalizando 21,68%. Nos resultados, identificou-se que os profissionais bibliotecários das universidades públicas do Brasil entendem corretamente o conceito do OA. São profissionais que concordam plenamente (78%) que o OA pode falhar se não houver um envolvimento das bibliotecas universitárias, além de estarem engajados no processo de promoção e incentivo do OA junto às bibliotecas universitárias. Em relação a suas formações, a grande maioria cursou a graduação neste século (entre 2000 e 2012), sendo que 65% possuem curso de especialização/MBA, concentrados nas áreas de Gestão Pública e Biblioteconomia. Para concluir, entende-se que no geral, os resultados demonstram que os bibliotecários das bibliotecas universitárias públicas federais e estaduais do Brasil aceitam os preceitos e princípios do OA, veem que tem um papel crucial na sua promoção e sentem capacitados para lidar com os desafios que isso traz, visto que estão procurando constante atualização/capacitação profissional. Palavras-chave: Acesso aberto. Literatura científica. Bibliotecário. Ciência da Informação. Link para o texto completo (PDF) http://www.revistas.usp.br/incid/article/view/69274/pdf_6

Biografia do Autor

Rafael Antonio Di Foggi, Universidade de São Paulo
Universidade de São Paulo, Escola de Engenharia de São Carlos, Serviço de Biblioteca.
Ariadne Chloe Mary Furnival, Universidade Federal de São Carlos
Doutor em Política Científica e Tecnológica pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. Professora do Programa de Pós-graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade da Universidade Federal de São Carlos – UFSCar
Publicado
2014-06-28
Seção
Resumos de artigos científicos