Monitoramento de redes sociais em Unidades de Informação: análise quantitativa sobre o uso do Twitter na disseminação de Informação

  • Luciana de Souza Gracioso UFSCar
  • Maísa Coelho França Curso de Biblioteconomia e Ciência da informação

Resumo

O crescimento no volume de informações produzidas em diferentes formatos devido às diferentes tecnologias da informação causou a mudança de comportamento tanto do bibliotecário quanto do usuário. Se anos atrás o bibliotecário era o mediador de toda e qualquer informação necessária ao usuário, agora este se tornou seu próprio filtro de informação. Essa mudança é observada principalmente na web 2.0, responsável por quebrar diversos paradigmas entre usuário e informação. Considerando este contexto, o objetivo desta pesquisa é ilustrar o uso de ferramentas da web 2.0, mais especificamente o Twitter, na disseminação de conteúdo informacional a partir da análise de perfil de nove instituições, seis delas bibliotecas, para que propostas de melhorias, no que diz respeito a estratégia de atendimento online sejam sugeridas. Ao final, concluí-se que o bibliotecário, quando bem treinado, é o profissional indicado para a manutenção da ferramenta ao apontar atitudes que podem ser incorporadas ao perfil do profissional para que a atualização seja realizada de modo constante e de acordo com os valores buscados pela organização. Palavras-chave: Twitter. Disseminação da Informação. Web 2.0. Tecnologia da Informação. Link para o texto completo (PDF) http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/biblio/article/view/16088/10165

Biografia do Autor

Luciana de Souza Gracioso, UFSCar
UFSCar
Maísa Coelho França, Curso de Biblioteconomia e Ciência da informação
Curso de Biblioteconomia e Ciência da informação
Publicado
2014-06-28
Seção
Resumos de artigos científicos