Contribuições de Wilson e Wersig para a intelecção metodológica na Ciência da Informação

  • Hamilton Rodrigues Tabosa Universidade Federal do Ceará
  • Gustavo Henrique de Araújo Freire UFPB

Resumo

As Ciências Humanas e Sociais têm, como calcanhar de Aquiles, sua subjetividade e necessidade de abstração, pelo que frequentemente vêem sua cientificidade questionada. Outro argumento dos questionadores é a falta, nessas ciências, de Metodologias próprias. Este artigo é resultado de uma reflexão a partir das contribuições de Wilson e Wersig para a compreensão da configuração metodológica na Ciência da Informação como ciência social e suas características. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica em periódicos da área de Ciência da Informação, em que se deu ênfase à recuperação de artigos que versam sobre metodologia da pesquisa na área, procurando recuperar artigos dos teóricos supramencionados e, num segundo momento, artigos de outros autores que os citam. Como resultado, traçamos um panorama que retrata o modo como os dois teóricos concebem a possibilidade (ou indícios de possibilidades) de uma identidade metodológica para a Ciência da Informação. Palavras-chave: Ciência da Informação e metodologia. Ciência da Informação e pesquisa. Metodologia de pesquisa. Procedimentos metodológicos. Wilson. Wersig. Link para o texto completo (HTM) http://dgz.org.br/out13/Art_03.htm

Biografia do Autor

Hamilton Rodrigues Tabosa, Universidade Federal do Ceará
Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Informação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).Professor do Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Ceará.
Gustavo Henrique de Araújo Freire, UFPB
Doutor e Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professor do Departamento de Ciência da Informação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFPB.
Publicado
2014-06-28
Seção
Resumos de artigos científicos