Aprender a pesquisar: desafios da construção de um saber informacional na educação a distância

  • Magdalena José Avena ECA/USP
  • Ivete Pieruccini ECA/USP

Resumo

O artigo discute o papel do ambiente de aprendizagem virtual, constituído de informações e espaço de trocas de experiências, destinado à apropriação de processos e práticas de pesquisa, por educadores que atuam em contextos de educação não formal. Analisa novas abordagens acerca da prática da pesquisa na construção de conhecimento e diferentes dispositivos não presenciais voltados ao Aprender a Pesquisar, categoria que integra questões tratadas pela Infoeducação. O objeto empírico da investigação foi desenvolvido no âmbito das ações da Estação do Conhecimento Einstein, dispositivo cultural, implantado sob a orientação do Colaboratório de Infoeducação – ColaborI -, da Escola de Comunicações e Artes, da Universidade de São Paulo. Conclui que a concomitância entre a realização de oficinas presenciais de aprendizagem da pesquisa e os dispositivos virtuais de aprender a pesquisar é um caminho a ser conquistado para a criação de condições favoráveis à autonomia e participação dos educadores nesse campo. Palavras-chave: Aprendizagem. Pesquisa. Educação a Distância. Ciência da Informação. Infoeducação. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Link para o texto completo (HTM) http://dgz.org.br/out13/Art_04.htm

Biografia do Autor

Magdalena José Avena, ECA/USP
Mestre pelo PPGCI da ECA/USP.
Ivete Pieruccini, ECA/USP
Doutora e docente do PPGCI da ECA/USP.
Publicado
2014-06-28
Seção
Resumos de artigos científicos