A visualização da informação: uma afetividade para olhar a informação

  • Aldo de Albuquerque Barreto CNPq

Resumo

A informação vincula o homem ao seu destino e durante sua existência institui as referências para ele percorrer a sua aventura individual no espaço e no tempo. A estrutura desta informação é uma narrativa escrita em uma base física; inscrição e estrutura formam um conjunto de elementos de um todo ordenado e com princípio lógico. Aqui, trabalhamos com o pressuposto de que a estrutura de informação bem visualizada potencializa a percepção. A visualização da Informação tem como objetivo o estudo das formas de representação usadas para uma apreensão visual amigável de um conteúdo. Suas técnicas buscam adequar o espaço da estrutura para que a representação visória gerada ao olhar seja a que melhor mostre o conteúdo da mensagem. Reduz o “estresse cognitivo” do receptor – provocado pela tensão entre o que o olho vê e o que a mente processa na interiorização do conteúdo. Quando a informação é apresentada de maneira destinada ao olhar permite uma visualização conciliadora na decodificação do conteúdo. Na tranquilidade cognitiva o receptor tem na assimilação uma fruição visual. Palavras-chave: Visualização da informação. Percepção. Informação e conhecimento. Estresse cognitivo. Economia cognitiva. Eye-tracking. Link para o texto completo (HTM) http://dgz.org.br/dez13/Art_01.htm

Biografia do Autor

Aldo de Albuquerque Barreto, CNPq
Pesquisador sênior do CNPq.
Publicado
2014-06-28
Seção
Resumos de artigos científicos