Mediação cultural e apropriação da informação em bibliotecas públicas

  • Alessandro Rasteli UNESP/Marília.
  • Lidia Eugenia Cavalcante UNESP/Marília.

Resumo

Reconhecer a existência de dispositivos (bibliotecas) como produtores de sentido é também verificar as ações de mediação cultural como atos de significação, vivenciados com modos de interação entre diferentes experiências culturais. As ações de mediação são compreendidas como práticas socioculturais e processos afirmativos de sujeitos na construção de sentidos, remetendo-se a produção e recepção de bens simbólicos e os dispositivos culturais como espaços de apropriação. Dessa forma, tem por objetivo a reflexão de mediações culturais (focando-se nas práticas de leitura) em ambientes socioculturais, especificamente em bibliotecas públicas, tendo em vista apreender aspectos conceituais e metodológicos próprios a processos de mediação e apropriação cultural.

Palavras-chave: Mediação cultural – biblioteca pública. Apropriação cultural.Bibliotecário – mediador da leitura. Mediação da leitura – biblioteca pública.

 

Link para o texto completo (PDF)

https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2014v19n39p43/26577

Biografia do Autor

Alessandro Rasteli, UNESP/Marília.
UNESP/Marília.
Lidia Eugenia Cavalcante, UNESP/Marília.
UNESP/Marília.
Publicado
2014-12-29
Seção
Resumos de artigos científicos