Práticas de Inovação do Bibliotecário no Ambiente Virtual

  • Maria Inês Tomaél Universidade Estadual de Londrina.
  • Thais Batista Zaninelli Universidade Estadual de Londrina.
  • Maíra Prado da Silva Universidade Estadual de Londrina.
  • Leonina Amanda Feitoza Universidade Estadual de Londrina.
  • Eliandro dos Santos Costa Universidade Estadual de Londrina.
  • Allyson Phelippe Pallisser Silva Universidade Estadual de Londrina.

Resumo

Os recursos de tecnologia da informação impuseram mudanças no papel exercido pelo bibliotecário. Esse papel começa a evoluir a partir da mudança do enfoque profissional no ambiente virtual e das atividades que esse profissional desenvolve no ciberespaço. A partir desses argumentos, este artigo tem como objetivo estudar as práticas inovadoras do bibliotecário no ambiente Web. Para a consecução desse objetivo, foi realizada uma pesquisa bibliográfica, em que a literatura pertinente foi analisada e foram identificadas as premissas necessárias para a consecução desse objetivo. Constatamos várias iniciativas de atuação do bibliotecário no ambiente virtual, tais como a utilização dos recursos: a) mídias sociais (Web 2.0) para interação com os usuários; b) Computação em nuvem, por meio de banco de dados, catálogos coletivos online, e recursos para a organização de livros; c) aplicações para dispositivos móveis, com a intenção de atingir jovens e adolescentes, além de disponibilização de equipamentos como o tablet em bibliotecas para leitura e apropriação da informação. Os bibliotecários inovam em suas práticas de atuação na medida em que modificam a maneira de ofertar serviços e produtos aos usuários. Mas há um longo caminho a percorrer para que o bibliotecário seja considerado um profissional inovador por excelência.

Palavras-chave: Práticas de Inovação. Bibliotecário. Ambiente Virtual. Web 2.0.  Computação em Nuvem. Dispositivos Móveis.

 

Link para o texto completo (PDF)

https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2014v19n39p83/26579

Biografia do Autor

Maria Inês Tomaél, Universidade Estadual de Londrina.
Universidade Estadual de Londrina.
Thais Batista Zaninelli, Universidade Estadual de Londrina.
Universidade Estadual de Londrina.
Maíra Prado da Silva, Universidade Estadual de Londrina.
Universidade Estadual de Londrina.
Leonina Amanda Feitoza, Universidade Estadual de Londrina.
Universidade Estadual de Londrina.
Eliandro dos Santos Costa, Universidade Estadual de Londrina.
Universidade Estadual de Londrina.
Allyson Phelippe Pallisser Silva, Universidade Estadual de Londrina.
Universidade Estadual de Londrina.
Publicado
2014-12-29
Seção
Resumos de artigos científicos