Televisão Digital e a Teoria Geral dos Sistemas

  • Paloma Maria Santos Universidade Federal de Santa Catarina.
  • Marcus de Melo Braga Universidade Federal de Alagoas.
  • Marcus Vinícius Anátocles da Silva Ferreira Universidade Federal de Santa Catarina.
  • Aires José Rover Universidade Federal de Santa Catarina.

Resumo

CO desenvolvimento do modelo brasileiro de Televisão Digital Interativa exigiu um trabalho interdisciplinar, uma vez que para a sua realização foi necessária a participação de especialistas de diversas áreas, trabalhando de modo integrado. Esta interdisciplinaridade pode ser vista como uma aplicação direta dos conceitos da Teoria Geral dos Sistemas, uma vez que é justamente dela que, em muitas áreas do conhecimento humano, são desenvolvidas novas tecnologias. O presente estudo faz uma análise da Televisão Digital Interativa sob a ótica da Teoria Geral dos Sistemas. Partindo de uma revisão conceitual sobre a Teoria Geral dos Sistemas e sobre as características mais relevantes do modelo brasileiro de Televisão Digital Interativa, buscou-se estabelecer uma aproximação entre esses dois domínios. Como resultado, constata-se que os estudos da Teoria Geral dos Sistemas podem trazer importantes contribuições para praticamente todas as áreas do conhecimento humano, por trazer luz às questões mais profundas de cada uma dessas áreas, por meio da análise de seus diversos componentes e da inter-relação entre eles. Para o domínio da Televisão Digital Interativa, mais especificamente, a Teoria Geral dos Sistemas mostrou ter forte influência quando na definição de questões relativas a ergonomia de interface, a concepção de aplicativos e a visão interdisciplinar necessária para o atendimento das demandas direcionadas a Televisão Digital Interativa.

Palavras-chave: Televisão Digital Interativa. Teoria Geral dos Sistemas. Ergonomia de Interface. Concepção de Aplicativos. Interatividade. Interdisciplinaridade.

 

Link para o texto competo (HTM)

http://dgz.org.br/jun14/Art_05.htm

Biografia do Autor

Paloma Maria Santos, Universidade Federal de Santa Catarina.
Doutoranda da Universidade Federal de Santa Catarina .Mestre em Engenharia e Gestão do Conhecimento.
Marcus de Melo Braga, Universidade Federal de Alagoas.
Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento. Professor da Universidade Federal de Alagoas.
Marcus Vinícius Anátocles da Silva Ferreira, Universidade Federal de Santa Catarina.
Doutorando da Universidade Federal de Santa Catarina. Mestre em Administração.
Aires José Rover, Universidade Federal de Santa Catarina.
Doutor em Direito. Professor Universidade Federal de Santa Catarina.
Publicado
2014-12-30
Seção
Resumos de artigos científicos