O papel do bibliotecário como mediador da informação no processo de inclusão social e digital

Autores

  • Raquel do Rosário Santos Universidade Federal da Paraíba
  • Emeide Nobrega Duarte Universidade Federal da Paraíba
  • Izabel França de Lima Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2014v9n2.22433

Resumo

O artigo registra uma reflexão sobre o papel do profissional da informação – o Bibliotecário - como mediador da informação no processo de inclusão social e digital, com o objetivo de repensar esses fenômenos e como os mesmos podem ser reversíveis na perspectiva do acesso e uso da informação para construção do conhecimento. A temática abordada pode ser contextualizada não só na Biblioteconomia como na Ciência da Informação de forma interdisciplinar, considerando a preocupação de ambas com o acesso à informação que permite a inclusão social dos sujeitos, favorecendo o acesso às tecnologias, como também ao desenvolvimento de habilidades e competências associadas ao uso dessas. O sujeito informado torna-se atuante na busca e exigência de seus direitos, dessa maneira, é responsabilidade social dos profissionais da informação atuar no processo de inclusão desses sujeitos para gerar conhecimento.

Palavras-chave: Mediação da informação. Inclusão social e digital. Biblioteconomia. Ciência da Informação.

 

Link para o texto completo (PDF)

http://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/279

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel do Rosário Santos, Universidade Federal da Paraíba

Doutoranda em Ciência da Informação do PPGCI/UFPB

Emeide Nobrega Duarte, Universidade Federal da Paraíba

Pós-doutorado em Ciência da Informação realizado na UNESP - Marília.

Izabel França de Lima, Universidade Federal da Paraíba

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Publicado

2014-12-30

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos